Soldado do Exército de 19 anos morre durante treinamento aquático em quartel de Goiânia

Khaleby Ribeiro teve a morte confirmada na noite da última segunda-feira (19) — Foto: Reprodução/Exército Brasileiro

Khaleby era soldado de efetivo variável (EV) e havia entrado na instituição neste ano. Ele foi levado para o hospital, mas não resistiu.

Ton Paulo, g1 Goiás
Um soldado do Exército Brasileiro de apenas 19 anos morreu, na última segunda-feira (19), durante um treinamento aquático no Comando de Operações Especiais (Copesp), no Jardim Guanabara, em Goiânia. De acordo com um comandante da instituição, Khaleby Ribeiro Alves dos Santos chegou a ficar cerca de dois minutos submerso. Ele foi socorrido pelos mergulhadores e levado para o hospital, mas não resistiu.

Khaleby era soldado de efetivo variável (EV) e havia entrado na instituição neste ano. Segundo o comandante, na tarde de ontem, segunda-feira (19), o jovem participava da instrução de natação no tanque aquático do Copesp quando submergiu e não voltou à tona.

Ainda conforme o militar, o soldado foi retirado inconsciente da água e atendido pela equipe de saúde do Copesp. Ele foi levado pelo Samu para o Hospital Estadual de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (Hugo), mas, segundo a unidade, teve a morte confirmada no mesmo dia.

Khaleby Ribeiro tinha 19 anos. Ele morreu em um quartel de Goiânia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Ao g1, a Polícia Científica informou que, às 9h02 desta manhã, o corpo de Khaleby ainda estava no Instituto Médico Legal (IML).

Em nota, o Comando de Operações Especiais lamentou a morte de Khaleby durante instrução de técnicas aquáticas realizadas no Complexo Aquático. A instituição destacou que “todos os procedimentos administrativos estão sendo tomados, dentre eles, a instauração de Inquérito Policial Militar, no intuito de melhor elucidar os fatos”.

Ainda segundo o Comando, providências com relação ao velório e sepultamento também estão sendo tomadas, seguindo os desejos da família.

“Neste momento de consternação e pesar, a família militar expressa todo sentimento aos familiares e amigos e presta todo o apoio psicológico, espiritual e de assistência social aos seus familiares […]. Os integrantes do COpEsp sentem-se consternados pela perda e rogam a Deus pelo conforto da família.”

Outra morte
A morte de Khaleby Ribeiro em um quartel do Exército, em Goiânia, não foi a primeira. Em janeiro de 2013, um militar de apenas 20 anos de idade também morreu após se afogar na piscina da Brigada de Operações Especiais.

Na ocasião, o Exército informou que Kevin Alexandre Vaz dos Santos, assim como Khaleby, participava de uma instrução de natação, e que ele se afogou durante os exercícios praticados na piscina.

A instituição destacou que o militar havia passado por todos os exames necessários para o treinamento. Na época, o pai de Kevin disse acreditar que o filho havia sido vítima de uma fatalidade.
g1

7 respostas

  1. Cadeia nos Oficiais!!! É sempre esse ladainha. Na minha turma, um aluno ficou mais de 30 minutos de baixo d’agua. Na nota, mentirosa como sempre, 1 minuto. Eu estava lá, eu vi! É sempre a mesma coisa: Pesar!!! PESAR!!! até quando isso? Os pais entregaram os filhos e recebem uma bandeira. Esses Oficiais são uns HIPÓCRITAS! Cadeia neles!!! Publique Montedo!!! Não fique escolhendo comentários que melhor lhe convém.

  2. INJUSTIFICÁVEL
    Nossos pêsames sinceros pela sua enorme perda.
    Nossas orações estão com o ex-Soldado e sua família nesse momento de dor.
    Um grande abraço de conforto.

  3. Ninguém ali queria que isso acontecesse, cabe ao EB investigar se houve negligência ou omissão e punir se houver culpados, acidentes acontecem em todas as profissões que exijam esforço físico , que Deus faça justiça e acolha o militar junto a luz de vossa face.

  4. Que se investigue tudo direitinho para dar uma resposta a familia que perdeu seu ente querido muito cedo. A família dou meus pêsames e muita força neste momento de tristeza.

  5. Soldado morre em combate, não em treinamento! Isso é simplesmente amadorismo do oficialato que com frequencia tiram do C… idéias para aplicar na instrução sem o minimo de preparo.

  6. Acidente? Isso é incompetencia mesmo. aliás depois das participações de grande numero de f Esps na turma do meçias, estão revelando que estes nao tao esp assim. deus me livre meu filho dervir numa OM dessas.
    Crime. cadeia neles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo