RJ: após 14 dias, corpo de militar assassinado é encontrado no mar, em cima de prancha

Militar do Exército encotrado morto em prancha

Um militar do Exército, identificado como Leandro Leite Carvalho, de 29 anos, foi encontrado morto no Rio de Janeiro, na última quinta-feira (20/4). O homem teve o corpo lançado no mar, em cima de uma prancha.O corpo de Leandro ficou desaparecido por 14 dias, mas foi achado na Restinga da Marambaia, na Zona Oeste do Rio, segundo o portal G1.
Leite, como era conhecido, será sepultado neste domingo (23), às 14h, no Cemitério Jardim Sulacap.

Confusão
De acordo com a Polícia Civil, as investigações apuram se traficantes que atuam no Posto 12, no Recreio, teriam confundido o militar com um miliciano e, assim, resolvido matá-lo.
No dia do crime, segundo o boletim de ocorrência, Leite estava com dois amigos quando criminosos se aproximaram. O militar pediu aos amigos para pegarem a arma dele, que estava no carro, mas os bandidos atiraram antes que ele pudesse revidar.
Leite foi baleado e morreu no local. Um dos tiros atingiu um dos amigos, que se feriu.
Testemunhas contaram que os criminosos pegaram o corpo do militar, colocaram em uma prancha de surf e jogaram no mar. Depois disso, o corpo ficou 14 dias desaparecido.
Terra Brasil/montedo.com

2 respostas

  1. Essas Drogas que além de causar danos a saúde das pessoas, ainda ceifa as vidas de inocentes, tudo por conta De seu tráfico e do Dinheiro e poder envolvidos. Meus pêsames aos entes do falecido.

  2. E por isso que eu falo e repito no Regime Militar esse tipo de ação contra PM, bM, pC e FFAA, jamais aconteciam pois o chumbo era grosso e o Bandidos tinham medo. Em santa Cruz, bandido de Antares, Rola, Tres Pontes tinham medo…do cerol

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo