Morre a última enfermeira da FEB

A  veterana da FEB Virgínia Portocarrero (D) com duas colegas enfermeiras

Morreu na quarta-feira (29), aos 105 anos, a Capitão Virgínia Maria de Niemeyer Portocarrero, última das 67 enfermeiras da Força Expedicionária Brasileira (FEB), tropa que combateu o fascismo na Segunda Guerra Mundial. A veterana morreu de causas naturais em sua casa em Araruama, Região dos Lagos, no Rio de Janeiro.

Em um dos depoimentos que deu em vida, a Capitão Virgínia destacou a experiência de ter participado do maior conflito armado da História. “Não tenho nenhum arrependimento por ter ido. Tenho é orgulho de ter acompanhado uma tropa de tamanho valor”.

Trajetória
Virgínia Maria de Niemeyer Portocarrero nasceu em 23 de outubro de 1917, no Rio de Janeiro. Em 1942, fez o curso de Samaritana na Cruz Vermelha Brasileira e, em 1943, apresentou-se como voluntária para o Exército Brasileiro, integrando como enfermeira a primeira turma de mulheres militares no Brasil.

Em 7 de julho de 1944, Virgínia partiu para a Itália para atuar na Segunda Guerra Mundial como integrante do Destacamento Precursor de Saúde da Força Expedicionária Brasileira (FEB). Lá, prestou os primeiros socorros aos brasileiros que chegavam. Seu diário de guerra, “Visionário Pacto”, fruto de cartas trocadas com seu pai, está atualmente depositado no acervo da Casa de Oswaldo Cruz na FIOCRUZ. Neste local, a Capitão empresta seu nome a um fundo que reúne muitos outros documentos do conflito.

No pós-guerra, a Capitão Virgínia teve grande desempenho na Associação Nacional de Veteranos da FEB (ANVFEB), sendo membro nato do Conselho Deliberativo e administradora do Mausoléu e do Ossuário dos Veteranos da FEB, nos cemitérios do Caju e São João Batista. Reformada no posto de Capitão, foi condecorada com as Medalhas de Guerra, de Campanha, da Cruz Vermelha Brasileira, Marechal Mascarenhas de Moraes, do Pacificador e Serviço de Saúde da FEB. A Capitão recebeu, ainda, o título de Aluna Emérita do Colégio Pedro II.

CComSEx/montedo.com

14 respostas

  1. Essa sim sempre terá o meu respeito descanse em paz guerreira enquanto isso nossos meritocratas na moita e sacaneando a tropa juntamente com as pensionistas.

  2. Enquanto isso nossos meritocratas sacaneando a tropa e também as pensionistas lamentável descanse em paz guerreira meus respeitos

  3. Essa sim sempre terá o meu respeito descanse em paz guerreira enquanto isso nossos meritocratas na moita e sacaneando a tropa e as pensionistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo