General Tomás se reúne com petistas autores da PEC que acaba com a GLO

General Tomás

Comandante do Exército entra em campo para evitar PEC que acaba com GLO
General Tomás Paiva se reuniu nesta quinta-feira (16/3) com deputados do PT autores de uma PEC que acaba com a GLO

Igor Gadelha
O comandante do Exército, general Tomás Paiva, entrou em campo para tentar brecar a articulação de deputados do PT que tentam acabar com as operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO).

Nesta quinta-feira (16/3), o militar e se reuniu em Brasília com os deputados Carlos Zaratti (PT-SP) e Alencar Santana (PT-SP), autores de uma PEC que acaba com a GLO e altera o artigo 142º da Constituição Federal.

Na conversa, segundo apurou a coluna, o comandante expôs aos parlamentares a posição contrária do Exército em relação à proposta de acabar com as operações de Garantia da Lei e da Ordem.

A GLO é uma operação de policiamento realizada pelas Forças Armadas de forma provisória, a pedido do chefe de um dos Três Poderes, até o restabelecimento da normalidade da lei e da ordem pública.

Tomás Paiva ponderou aos deputados petistas que as GLOs não têm nada a ver com golpismo e que são usadas em momentos críticos de descontrole das polícias militares.

Os deputados contemporizaram e sugeriram que, em substituição à GLO, o governo pode criar uma Força Nacional de Intervenção, composta por policiais especializados, a ser acionada nos momentos de desordem.

Despolitização das Forças
Ainda na conversa com os deputados do PT, Tomás Paiva ressaltou ser favorável ao artigo da PEC que obriga militares a irem para a reserva, caso assumam algum cargo ou função no poder público.

Sobre esse tema, porém, o próprio Ministério da Defesa elaborou outra PEC. A proposta, segundo apurou a coluna, foi enviada na terça-feira (14/3) para o Palácio do Planalto.

À coluna, o Exército confirmou oficialmente a reunião do comandante com os deputados do PT, mas não deu detalhes. Informou apenas que o encontro serviu para “tratar de assuntos de interesse da Força”.

METRÓPOLES/montedo.com

9 respostas

  1. General Tomás se reúne com petistas autores da PEC que acaba com a GLO
    março 17, 2023
    Um Comentário
    E diz, “sim senhores” os Senhores mandam e eu obedeço e baixo a cabeça.

  2. Comandante militar não deveria ter interlocução com políticos para tratar de assuntos desta natureza, para isso existe o Ministério da Defesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo