Governo exonera mais quatro militares

palácio do planalto

Militares do Exército foram dispensados de cargos na Vice-Presidência da República

O governo Lula exonerou mais quatro militares que ocupavam funções ligadas ao Executivo. Dessa vez, quatro oficiais do Exército foram dispensados de cargos na Vice-Presidência da República.

Os alvos foram: o cabo Matheus Augusto Borges Pessoa, que exercia a função de especialista na Assessoria Militar da Vice-Presidência; o sargento Evaldo Cristiano Nunes Moura, que atuava como assistente na Assessoria Militar da Vice-Presidência; o cabo Paulo Jhonatan Soares de Souza, que trabalhava como especialista no Departamento de Administração e Finanças da Vice-Presidência e o tenente-coronel Alexandre de Assis Lauria, dispensado da função de assistente militar na Assessoria Militar da Vice-Presidência. A portaria foi publicada na edição desta segunda (23) do Diário Oficial da União.

No total, o presidente Lula dispensou 89 militares do governo, incluindo o general Júlio César de Arruda, que estava no comando do Exército. Como mostramos, general Tomás Miguel Ribeiro Paiva assumiu a função. As trocas ocorreram em meio à crise de confiança entre a Presidência da República e as Forças Armadas após os atos golpistas de 8 de janeiro.

O Antagonista/montedo.com

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo