“Não entro em pântano”, diz Mourão após ataques

Presidente em exercício, Mourão fez pronunciamento de fim de ano neste sábado (31) — Foto: Reprodução

Após pronunciamento, o general foi alvo de Eduardo e Carlos Bolsonaro

Hamilton Mourão (foto) foi questionado neste domingo (1º) sobre os ataques dos filhos de Jair Bolsonaro em razão de seu pronunciamento de fim de ano em cadeia de rádio e televisão. Ele respondeu, de acordo com O Globo:
“Não entro em pântano nem me rebaixo. Quem não sabe ler não entendeu o vigor da mensagem de ontem.”
Depois do pronunciamento, como mostramos, Carlos Bolsonaro escreveu no Twitter: “Nenhuma novidade vinda desse que sempre disse que era um bosta”. O deputado Eduardo Bolsonaro também usou as redes sociais e afirmou que, a cada momento “crítico” pelo qual Jair Bolsonaro passa, “mais máscaras caem”.
O Antagonista/montedo.com

10 respostas

    1. Ele comandou tropa blindada seu acéfalo. Como áreas pantanosas dificultam a mobilidade de qualquer tipo de veículo, inclusive blindados (quando você no filme o Dominick Toretto entrar num pântano com uma Ferrari e sair, saiba que não é de verdade), ao se deparar com áreas que impedem ou dificultam o movimento, opta-se pelo desbordamento ou trabalhos de mobilidade feitos pela engenharia. Alem disso, ele usou de uma metáfora.

  1. Parece bate-boca num botequim de 5ª categoria.
    Baticum desafinado entre um “melancia-minion-4 estrelas” & neandertal bolsopata.
    Padrão bolsominion de um ex-gov civil-militar aloprado.
    Ambos protagonistas do metaverso bolsonarista aloprado.

  2. Eleito apoiado por Bolsonaro e agora “não entra em pântano”. Se isso é um exemplo de General, tenho pena dos comandados. Quero ver algum soldado ir pra linha de frente para proteger esse figurão.

  3. A admiração e respeito que esse Sr tinha, foi jogada no pântano.
    General fraco, virou político sem expressão, omisso e covarde.
    Uma vergonha para as Forças Armadas.

  4. Nesse lamaçal temporário, esse maçom e Pançuello não se atolaram.
    Índo-gaúcho-lourinho-afro descendente Mourão carro oficial e motorista por + 8 anos.
    Gordinho do bem, carro oficial e motorista por + 4 anos.

  5. O Gen Mourão já fez muito mais pela pátria do que todo o clã reunido. A atuação política deles é medíocre e em algumas conjunturas prejudicou muitos brasileiros. Observando o passado entendemos o presente.

  6. Pelo que vimos nesses últimos 4 anos, o único com traquejo político e com “o aquilo roxo” entre os generais para chegar à presidência, foi um capitão. Os demais que foram eleitos na sombra do capitão, são todos uns bundões, que aos pouco vão revelando suas fraquezas e covardia.

  7. Admirável a atitude de Estadista do Gen Mourao, demonstra equilíbrio e hombridade, coisa que nem de longe se vê no clã Bolsonaro.
    Uma coisa interessante e que será objeto de estudo por cientistas sociais é a abordagem política de Bolsonaro usando a mesma sistemática, modo de ataque e até mesmo estilo linguístico utilizado pelo crime organizado…. É muita coincidencia!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo