Escolha uma Página

Ação, que contou com ajuda de autoridades paraguaias, também leva atendimento médico-odontológico à região

O Dia
[email protected]

As Forças Armadas deram início às atividades da Operação Ágata Conjunta Oeste 2022, que visa combater crimes transfronteiriços nos estados de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul. A ação conta com quatro mil militares, que serão responsáveis por táticas de monitoramento, como inspeções, vistorias, revistas e patrulhamento, além de montagem de postos de bloqueio.
Segundo informou o Ministério da Defesa nesta segunda-feira (25), as atividades começaram no dia 18, com reuniões técnicas entre os órgãos envolvidos. As atividades são voltadas para o combate a crimes como contrabando, descaminho, narcotráfico e garimpo ilegal. A ação também visa promover a preservação do meio ambiente.
Continua após a publicidade
Criada em 2011, a Operação é realizada em parceria com órgãos de segurança pública e de fiscalização (federais, estaduais e municipais). Além das atividades de combate ao crime, o grupo oferece atendimento médico-odontológico à população. Desta vez, a operação contou com a ajuda das autoridades paraguaias.
O Dia/montedo.com

Skip to content