Escolha uma Página

Por
Redação Forças de Defesa

[email protected]
A Embraer ainda está trabalhando com 22 pedidos de aeronaves KC-390 pela Força Aérea Brasileira (FAB), disse seu chefe de Defesa e Segurança nesta terça-feira (31), após a instituição sinalizar que quer cortar os pedidos para 15.
Jackson Schneider disse que a empresa foi informada sobre o desejo da Força Aérea de reduzir os pedidos, mas que internamente está mantendo o valor previamente acordado.
A FAB disse em novembro que cortaria unilateralmente seu pedido original de 28 aeronaves para 15, mas depois chegou a um acordo com a Embraer em fevereiro para 22 aviões.
“Temos um contrato de 22 aeronaves para a Força Aérea Brasileira. Tínhamos 28, mas a Força Aérea Brasileira decidiu reduzi-lo, e eles tinham o direito de fazê-lo. … Seguimos as regras”, disse Schneider.
“Hoje temos uma encomenda de 22 aeronaves e não estamos fazendo nenhum movimento que possa representar algum prejuízo para a empresa ou para os acionistas”, acrescentou.
FONTE: Reuters, via Terra
PODER AÉREO/montedo.com

Skip to content