Escolha uma Página

O general Paulo Chagas criticou precedente aberto pelo Supremo Tribunal Federal ao permitir que Lula concorra nas eleições deste ano

Isadora Teixeira
O general Paulo Chagas disse que precedente criado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no caso do ex-presidente Lula “transformou os cidadãos de bem – honestos e cumpridores das leis – em postes”. “Chegará o dia em que os cachorros urinarão na gente. Agora, bastar soltar o resto dos vira-latas”, afirmou, em publicação no Twitter.


Chagas refere-se ao julgamento em que o STF anulou as condenações do ex-presidente, permitindo que ele concorra nas eleições deste ano.
O general fez o comentário após a notícia de que o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda entrou com um recurso no STF para anular a própria condenação, de forma que também possa ser candidato.
Condenado por falsidade ideológica e corrupção de testemunha, Arruda é réu por corrupção ativa e passiva, peculato e formação de quadrilha. Ele é um dos mais proeminentes réus da Operação Caixa de Pandora, que revelou um esquema de corrupção na cúpula do Governo do Distrito Federal, com provas como vídeos que mostram entrega de propina.
Apesar das acusações, Arruda apresentou ao STF habeas corpus, alegando que os crimes pelos quais responde são de natureza eleitoral, e que, portanto, deveriam ser julgados na Justiça Eleitoral.
GRANDEANGULAR(METRÓPOLES)/montedo.com

Skip to content