Escolha uma Página

Evento partidário reuniu cerca de mil pessoas em Porto Alegre

Paulo Egídio
O Republicanos oficializou na manhã de sábado (23) a pré-candidatura do vice-presidente Hamilton Mourão ao Senado Federal pelo Rio Grande do Sul. Reservado a filiados, o evento reuniu cerca de mil pessoas no auditório da Fecomércio, em Porto Alegre. O Republicanos fechou aliança com o PL, que lançará o ex-ministro Onyx Lorenzoni ao Piratini.
General da reserva do Exército, Mourão estreou na política em 2018, integrando a chapa presidencial de Jair Bolsonaro. Natural de Porto Alegre, residiu em Bagé antes de ingressar na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman). Nas Forças Armadas, serviu em outros municípios gaúchos, como Cruz Alta e Ijuí, antes de chefiar o Comando Militar do Sul, entre 2014 e 2016.
Em seu discurso no evento, Mourão disse que, caso seja eleito, pretende “discutir os grandes temas da República” no Senado:
— O senador tem que discutir os grandes temas da República, tem que entender a geopolítica do Brasil e do mundo. O senador tem que entender a independência e a harmonia entre os poderes. Temos que entender a existência de um grande arquiteto do universo. São esses os valores que pretendo defender dentro do congresso nacional.
Presidente estadual do partido, o deputado federal Carlos Gomes agradeceu a Mourão por escolher a “família republicana”.
— Esse homem, como figura pública, já poderia estar em casa, depois de 48 anos de serviços prestados. Mas quando uma pessoa é de missão, ela nunca rejeita outra boa missão. Uma pessoa que olhou para o seu chão, para o seu povo e resolveu aceitar mais esse desafio – disse Gomes.
Também participaram do evento outros deputados, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, além dos pré-candidatos do partido à Assembleia Legislativa e à Câmara Federal.
GZH/montedo.com

Skip to content