Escolha uma Página

Novos indícios de gastos excessivos das Forças Armadas com alimentos de luxo foram apontados pelo deputado federal Elias Vaz (PSB-GO). Entre fevereiro de 2021 e fevereiro de 2022, foram gastos mais de R$ 56,4 milhões nos itens para os comandos da Aeronáutica, do Exército e da Marinha, além da Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel).
Ao todo, foram adquiridos 557,8 toneladas de filé mignon, 372,2 toneladas de picanha e 254 toneladas de salmão pelos militares. A maioria das compras, feitas por meio de pregão ou dispensa de licitação, foram efetuadas durante a gestão do ex-ministro da Defesa, Walter Braga Netto, que se filiou recentemente ao PL é cotado como vice no projeto de reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL).
Congresso em Foco/montedo.com

Skip to content