Escolha uma Página

Aviões militares irão transportar bombeiros para locais de risco e novas medidas deverão ser tomadas após conversas com o governador e os prefeitos

Hugo MarquesO presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou neste sábado, 2, algumas medidas para socorrer vítimas de enchentes e deslizamentos de terra causados por fortes chuvas no Rio de Janeiro. Nove pessoas morreram em decorrência de uma tempestade que atinge o estado desde a quinta-feira, 31.
Como parte do apoio federal, anunciou Bolsonaro, foram acionadas aeronaves das Forças Armadas para transportar militares do Corpo de Bombeiros para as regiões mais afetadas. Mais medidas do governo federal poderão ser anunciadas após conversas com autoridades do Rio.
“O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), segue apoiando o Rio de Janeiro, mais uma vez afetado por fortes chuvas nas últimas horas”, anunciou o presidente, em nota divulgada em suas redes sociais.
Bolsonaro informou que o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, está em deslocamento para as regiões mais atingidas. O secretário está em contato com as autoridades no Rio para fazer um balanço da situação.
O ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, telefonou para o governador Cláudio Castro e para a Prefeitura de Angra dos Reis, um dos municípios atingidos pelas enchentes e desmoronamentos, para tomar as primeiras medidas.
Além dos nove mortos confirmados, há pessoas desaparecidas em Mesquita, Angra e Paraty. Na Baixada Fluminense, um homem morreu eletrocutado.
Veja/montedo.com

Skip to content