Escolha uma Página

Atual ministro da Defesa deve ser o candidato a vice do presidente Jair Bolsonaro nas eleições deste ano

Igor Gadelha
Aumentou nos últimos dias, nos bastidores, a ofensiva de dirigentes do Progressistas e de setores do governo para que o ministro da Defesa, general Braga Netto, se filie ao PP, e não ao PL, para ser candidato a vice do presidente Jair Bolsonaro este ano.
A articulação conta com o empenho de alguns militares que atuam no governo federal e de ministros da ala política. Entre eles, o chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, principal interessado na filiação, por ser o presidente nacional do PP.
Um dos argumentos desses grupos é de que uma eventual filiação de Braga Netto à mesma sigla de Bolsonaro seria “ruim”, pois reforçaria reclamação de outros partidos aliados de que o PL tem concentrado sozinho as principais filiações bolsonaristas.
Com a ofensiva, a cúpula do PP e auxiliares presidenciais consideram que a chance de Braga Netto se filiar à sigla de Ciro Nogueira seria hoje de 70%. A definição deve sair até 2 de abril, prazo final para quem for disputar a eleição de outubro definir seu partido.
METRÓPOLES/montedo.com

Skip to content