Escolha uma Página

O vizinho confessou para advogado que matou o aposentado estrangulado após uma briga

Paulista (PE) – Durante uma briga em um condomínio, no bairro de Pau Amarelo, em Paulista, no Grande Recife, um suboficial aposentado da Marinha do Brasil foi morto por um vizinho. O caso aconteceu na noite deste sábado (19).
De acordo com a Polícia Civil, o crime foi descoberto após o advogado do vizinho procurar a polícia e afirmar que o cliente confessou o assassinato.
Segundo o delegado responsável pelo caso, José Luzia Correia Filho, o suboficial Ronaldo Valeriano Ferreira, de 57 anos, foi morto por estrangulamento. “Foi com uma espécie de corrente de cachorro”, afirmou José Luzia.
Ainda de acordo com o delegado, há três casas no condomínio onde aconteceu a briga, todas no primeiro andar. No térreo, o vizinho, que é comerciante, construiu uma mercearia e a vítima não concordava com isso, afirmou o delegado.
“A briga dois dois era por isso. Os dois entraram em luta corporal até que o autor do fato pegou uma corrente e estrangulou a vítima. Acredito que não tinha ninguém para separar”, declarou.
O delegado contou que o advogado Maurício Gomes, representante do homem que se diz autor do crime, garantiu que ele deve se apresentar. “Ontem [domingo] pela manhã, o autor do fato falou com o advogado dele, que entrou em contato com o DHPP dizendo que o cliente dele confessou o crime”, afirmou.
As investigações devem ser conduzidas pela Delegacia de Homicídios de Paulista.
Bnews/montedo.com

Skip to content