Escolha uma Página

Fernando Moreira
Vladimir Putin dispensou oito generais de alto escalão da Rússia após ficar indignado com o ritmo lento da invasão da Ucrânia.
Oleksiy Danilov, chefe do conselho de segurança da Ucrânia, disse que oito comandantes russos foram demitidos desde o início do conflito em meio a grandes perdas no campo de batalha.
Putin também estaria furioso com os líderes do serviço de segurança do FSB (antiga KGB) por entregarem a ele informações sugerindo que a Ucrânia era fraca, repleta de grupos neonazistas e desistiria facilmente se fosse atacada.
Philip Ingram, ex-oficial sênior da inteligência britânica, disse ao “Times” que Putin está obviamente “muito aborrecido” e culpando suas agências de inteligência pela atual situação, com perda de muitos soldados e equipamentos de guerra.
“Ele os culpa por terem enviado conselhos que levaram à má tomada de decisões na Ucrânia”, disse ele, de acordo com o “Metro”.
A tomada de decisões com informações imprecisas sobre o inimigo levou a Rússia a sofrer muito mais baixas do que o esperado em seu ataque, que já dura duas semanas.
Nos próximos dias, espera-se que a Rússia lance uma grande ofensiva contra Kiev, a capital ucraniana. Moscou teria contratado mercenários sírios para ajudar na missão.
ISTO É/montedo.com

Skip to content