Escolha uma Página

Segundo o Exército, chamas teriam origem na forte estiagem e no longo período seco na região

WILLIAM MANSQUE
Um incêndio atinge uma área localizada no interior de Cacequi, na região central do Rio Grande do Sul, desde a última sexta-feira (18). As chamas consumem o espaço que integra o Campo de Instrução Barão de São Borja, que tem mais de 50 mil hectares e pertence à 3ª região militar do Comando Militar do Sul (CMS).
Segundo informações do CMS, o focos de incêndio tiveram início às 8h de sexta. As chamas só foram controladas e extintas na manhã deste sábado (19). De acordo com o comando, a equipe que combateu deixou a posição, em segurança, às 7h.
Contudo, por volta das 11h, o fogo recomeçou. A CMS estima que a causa do incêndio estaria relacionada à forte estiagem e do longo período seco na região. O corpo de bombeiros de Rosário do Sul foi chamado para auxiliar o Exército no combate ao fogo à tarde.
“Os novos focos demandaram nesta tarde, rápida mobilização de pessoal e meios como cisternas e um trator para a construção de um aceiro, que é o desbaste do terreno nas imediações do fogo de modo a impedir sua propagação”, diz a CMS em nota.

Danos do incêndio
CMS / Divulgação

Segundo o comando, não houve perda animal e os danos se restringiram ao pasto, cercas e mourões. As chamas foram controladas no final da tarde.
No começo do mês, um incêndio atingiu a mesma área durante seis dias. O fogo teria começado em uma mata muito seca em razão da estiagem, segundo informações do Exército.
GZH/montedo.com

Skip to content