Escolha uma Página
Tenente Eronides João da Cruz atuou como Técnico em Armamento no Primeiro Grupo de Aviação de Caça e era o único ex-combatente da FAB em Curitiba (PR)
Agência Força Aérea, por Tenente Letícia Faria
Edição: Agência Força Aérea – Revisão: Tenente-Coronel Rocha

O ex-expedicionário da Segunda Guerra Mundial, Tenente Eronides João da Cruz, até então considerado o único ex-combatente da Força Aérea Brasileira (FAB) em Curitiba (PR), morreu aos 99 anos na manhã do domingo (06/02), no Hospital das Nações, na capital do Paraná (PR). O velório ocorreu durante esta segunda-feira (07/02) na Capela Luterana e, em seguida, o sepultamento no Cemitério Luterano de Curitiba. O militar nasceu em 3 de julho de 1922, em Aracaju (SE). O Tenente Eronides era viúvo e deixa duas filhas. De origem simples, cursou apenas o primário e com sete anos de idade ajudava no sustento da família, junto com seus cinco irmãos.

Em 1942, aos 20 anos de idade, foi voluntário pelo sonho de conhecer outros mundos e línguas. Autodidata, foi promovido a Cabo em 1945, quando passou a receber treinamento de Sargentos americanos para manusear armamentos dos aviões. Dentre as missões, viajou pelo Panamá, Estados Unidos e Itália, colecionando aprendizado e memórias.

Eronides foi Terceiro-Sargento Técnico em Armamento no Primeiro Grupo de Aviação de Caça quando atuou durante a Segunda Guerra Mundial, garantindo o funcionamento e o carregamento bélico adequado dos aviões P-47 Thunderbolt.

Em 1980, por servir com bravura e hombridade, tornou-se Segundo-Tenente reformado. Eronides foi, também, curador do Museu do Expedicionário, localizado em Curitiba, espaço que registra a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial (1939 a 1945), destacando a atuação de pracinhas paranaenses na vitoriosa campanha em solo europeu, e conta com documentos, fotografias, filmes, mapas, ilustrações da época e materiais bélicos utilizados por ex-combatentes da FEB, da FAB e da Marinha de Guerra do Brasil.

Com colaboração: Tenente Junqueira e Tenente Melissa / CINDACTA II

Fotos: Soldado Dias / CINDACTA II e Museu do Expedicionário

FAB/montedo.com
Skip to content