Escolha uma Página

Militar da Aeronáutica, Tamerson Ribeiro Lima de Souza, é suspeito de matar Natalin Nara Garcia de Freitas Maia. O corpo da jovem foi encontrado na BR-060 com lesão no braço e o pescoço quebrado.

Renata Barros, g1 MS
O 2º sargento da Aeronáutica, Tamerson Ribeiro Lima de Souza, 31 anos, foi preso, na tarde desta segunda-feira (7), suspeito de matar a esposa, a enfermeira, Natalin Nara Garcia de Freitas Maia, de 22 anos. O corpo da vítima foi encontrado, no domingo (6), na BR-060, em Campo Grande, com uma lesão em um dos braços e o pescoço quebrado.
Tamerson e Natalin eram casados desde 2016. O casal tem uma filha pequena. O homem foi preso em flagrante pela Polícia Civil e encaminhado para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Campo Grande. Segundo a polícia, na delegacia, após questionado sobre todos indícios encontrados, Tamerson assumiu a autoria do crime.
O corpo de Natalin foi encontrado por um funcionário de uma fazenda na tarde de domingo (6). A vítima estava sem nenhum documento de identificação quando foi localizada. Apesar de ter sido encontrada no domingo, Natalin teria sido morta na sexta-feira (4), segundo investigação da Deam.
A filha do casal estava junto ao pai quando policiais do Grupo de Operações e Investigações (GOI) chegaram para prendê-lo. Após a prisão, a criança foi entregue à família materna. O suspeito deve passar por audiência de custódia nesta terça-feira (8).
Natalin é a sétima vítima de feminicídio em Mato Grosso do Sul desde o início de 2022.
G1/montedo.com

Skip to content