Escolha uma Página

Assim como o ministro da Defesa, Braga Netto, outro general do governo atua, nos bastidores, para ser o candidato a vice de Jair Bolsonaro

Igor Gadelha
Não é só o ministro da Defesa, general Walter Braga Netto, que trabalha para ser escolhido como o candidato a vice-presidente de Jair Bolsonaro nas eleições deste ano.
Ministro-general assim como Braga Netto, o titular do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, também se movimenta nos bastidores para compor a chapa com o chefe.
Nos últimos meses, Heleno procurou dirigentes de partidos do Centrão que têm espaço no governo para conversar sobre uma possível filiação. Entre eles, o Republicanos. A sigla, porém, ainda não deu uma resposta.
Segundo apurou a coluna, aliados de Heleno também têm enviado à Bolsonaro publicações de sites conservadores defendendo o general do GSI como o melhor nome para ser vice.
Em 2018, Heleno também chegou a ser cotado para ser candidato a vice. De última hora, contudo, Bolsonaro escolheu o também general da reserva Hamilton Mourão.
Aliados de Mourão, aliás, até sonham em repetir a chapa em 2022, mas, segundo fontes próximas a Bolsonaro, o atual vice seria o que tem menos chances hoje. A tendência é que Mourão dispute uma vaga no Senado.
METRÓPOLES/montedo.com

Skip to content