Escolha uma Página

magens da abordagem circulam pelas redes sociais e mostram a confusão. Foto: Reprodução/RPC.

A agressão de policiais militares a um soldado do Exército na madrugada de sexta-feira (14), no bairro Boqueirão, em Curitiba, provocou um inquérito interno na corporação policial. Nas imagens de um vídeo que circula pelas redes sociais, três policiais tentam colocar o rapaz à força na viatura. Um deles, inclusive, dá um chute e o chama de otário.
De acordo com a versão dos policiais, eles estavam em patrulhamento no Boqueirão, quando avistaram um grupo de jovens em frente a uma tabacaria. Eles pararam a viatura para revistar os indivíduos, uma forma padrão usada por agentes de segurança pública. Ao fazerem a ação, um dos jovens demonstrou resistência à abordagem, alegando que só iria responder às ordens do oficial do Exército.
A partir desse momento, os policiais descobriram que o jovem fazia parte da 15ª Circunscrição de Serviço Militar (15ª CSM), com quartel no Boqueirão. Com o objetivo de levá-lo a sede da 15ª CSM, a situação ficou tensa e a abordagem mais ríspida.

E depois do BO?
O soldado procurou a Polícia Científica e fez exame de corpo de delito e um boletim de ocorrência contra os policiais.
Em nota, a PM informou que foi instaurado um inquérito interno para apurar o que ocorreu e se teve excesso na conduta dos policiais na abordagem. A PM ainda informou que o inquérito será acompanhado pela corregedoria da corporação e que o Ministério Público (MP) será convidado para acompanhar o caso.
Durante as investigações, os policiais envolvidos irão cumprir serviços administrativos dentro da unidade.
Tribuna do Paraná/montedo.com

Skip to content