Escolha uma Página

Luiz Eduardo Ramos e Walter Braga Netto tem sido os “coringas” de Bolsonaro. Compondo uma equipe ministerial onde já ocorreram 30 substituições desde o início do mandato, os generais ocuparam diferentes funções, sempre no primeiro escalão do governo.
Antes de ser fixado na Secretaria-Geral da Presidência, Ramos ocupou a Secretaria de Governo e a Casa Civil, de onde foi despejado para dar lugar a Ciro Nogueira, líder do Centrão.
Por sua vez, Braga Netto foi nomeado para a Casa Civil em fevereiro de 2020. Em março do ano passado, cedeu docilmente aos caprichos do “mito” e substituiu seu amigo Fernando Azevedo na Defesa, em sórdida manobra visando derrubar o general Pujol do Comando do Exército.

Skip to content