Escolha uma Página

O que diz o médico de Bolsonaro sobre viajar em avião da FAB
Cirurgião do presidente, Antonio Macedo nega que fosse viajar em aeronave federal e diz que não cairia nessa “roubada”

Clarissa Oliveira
Antonio Macedo, cirurgião que acompanha o presidente Jair Bolsonaro desde o atentado a faca ocorrido em 2018, diz que “não cairia na roubada” de viajar em um avião da FAB (Força Aérea Brasileira). O cirurgião está nas Bahamas e retorna ainda hoje a São Paulo, após Bolsonaro ter sido internado nesta madrugada com um quadro de obstrução intestinal.
“Já vão logo me estampando por aí em jornal dizendo que eu viajaria num avião da FAB. Mas eu não cairia de jeito nenhum nessa roubada”, disse Macedo à coluna.
A polêmica sobre a viagem de Macedo surgiu após o site O Antagonista noticiar que Macedo viajaria em um avião da FAB. Ainda segundo o site, por questões logísticas e de custo, teria prevalecido a opção de usar a aeronave cedida pelo hospital. Macedo confirmou que embarca ainda hoje, em uma aeronave cedida pelo hospital Vila Nova Star, onde o presidente está internado.
Macedo comparou o episódio ao ocorrido quando viajou a Brasília para receber uma homenagem. Durante o evento, segundo ele, o time presidencial sugeriu que ele tirasse a máscara. “Eu avisei, olha todo mundo me filmando aí. Eu não tiro a máscara de jeito nenhum.”
Veja/montedo.com

Skip to content