Escolha uma Página

A chamada aí em cima é minha. Confira a nota de O Antagonista:

Heleno não cantou
O general que chefia o Gabinete de Segurança Institucional participou da filiação de Bolsonaro ao PL, mas não quis soltar a voz desta vez

Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, esteve, mais cedo, na filiação de Jair Bolsonaro ao PL.
Ficou quietinho, quietinho entre outros ministros, expoentes do Centrão e políticos investigados. O general nem sequer teve seu nome anunciado pelo cerimonial.
Em 2018, em uma convenção do PSL, então partido do candidato Bolsonaro, Heleno soltou a voz contra essa gente na qual hoje ele se camufla.
Vale a pena ver de novo:

O Antagonista/montedo.com

Skip to content