Escolha uma Página

Presidente participou, na manhã deste sábado (27/11), de cerimônia de entrega de espada a aspirantes em Resende, no Rio de Janeiro

Marcelo Montanini
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participou, na manhã deste sábado (27/11), da cerimônia de entrega de espada aos aspirantes da turma “Dona Rosa da Fonseca” da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende, no Rio de Janeiro.
Em um discurso em que evocou a bandeira “Deus, Pátria e Família”, Bolsonaro voltou a dizer que a responsabilidade do Exército é defender a democracia e a liberdade e, sem especificar o motivo, mencionou “o erro dos outros”. O presidente disse também que a formação da Aman foi mais difícil do que a Presidência da República.
“Lembramos sempre do que acontece em outros países vizinhos, o que acontece pelo mundo e como está o Brasil neste contexto. Vamos aprender, infelizmente, com o erro dos outros, vamos fazer a nossa parte. Porque a vocês, jovens aspirantes, agora integrando de fato o nosso Exército brasileiro, passa uma enorme responsabilidade: maior do que defender a vida do cidadão é defender a nossa democracia e a nossa liberdade”, declarou.
“Nos momentos difíceis à frente da Presidência, vejo o que passei aqui e me conforto dizendo que aqui foi mais difícil. Quem passa por aqui, que tem essa formação, sabe das dificuldades”, disse.
Bolsonaro formou-se na Aman em 1977.
METRÓPOLES/montedo.com

Skip to content