Escolha uma Página

Andrea Barbosa reforçou ter vivido “abusos” no relacionamento de 16 anos com o ex-ministro e frisou querer colocar uma pedra sobre o caso

O general e secretário de Projetos Estratégicos do Planalto, Eduardo Pazuello, deixa o Hotel de Trânsito de Brasília no último dia 6 Foto: Cristiano Mariz/O Globo

Caio Barbieri
Ex-mulher e mãe de uma das filhas do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, a dentista Andrea Barbosa (foto em destaque) confirmou, nessa sexta-feira (12/11), viver um fim de relacionamento bastante conturbado com o atual secretário de Assuntos Estratégicos da Presidência da República após 16 anos de casamento.
Andrea aceitou conversar com a coluna Janela Indiscreta, do Metrópoles, sob a condição de que o material fosse publicado na íntegra, sem qualquer tipo de edição. A entrevista ocorreu depois de a ex-esposa de Pazuello confirmar a dificuldade de concluir o processo de separação e frisar que está “exaurida” com a situação vivida.
A dissolução foi decidida por ambos, segundo Andrea, no fim de agosto de 2020, quando ela descobriu a suposta infidelidade do ex-ministro com Laura Appi, então assessora do Ministério da Saúde. Após o episódio, Laura, que é médica, foi promovida ao posto de diretora de Programas da pasta, um dos cargos mais relevantes dentro da estrutura do órgão.
“Eu me separei de fato, eu não quis mais vê-lo, em agosto do ano passado, quando recebi uma hipocrisia tamanha de Brasília. No mesmo dia que recebi no dia do meu aniversário os parabéns da primeira-dama do país, Michelle Bolsonaro, eu também recebi fotos do churrasco com a assessora [Laura Appi]. Então, acho que fui vítima de hipocrisia, de abuso e de muitas coisas que as pessoas não sabem”, disse.

Ouça a entrevista:

JANELA [I]NDISCRETA/montedo.com

Skip to content