Escolha uma Página

Rachel Levine tem 63 anos e atua como secretária-assistente de Saúde

WASHINGTON — A secretária-assistente de Saúde dos Estados Unidos foi empossada como primeira oficial transgênero quatro estrelas da história do país. A Dra. Rachel Levine, de 63 anos, agora é almirante do US Public Health Service Commissioned Corps, uma divisão do Departamento de Saúde dos EUA. Levine, nomeada pelo presidente Joe Biden, já era a funcionária transgênero de mais alta patente no país.
A oficial descreveu a indicação como “importante” e “histórica” durante a cerimônia de posse nesta terça-feira.
— Que esta nomeação de hoje seja a primeira de muitas outras que virão, à medida que criamos um futuro diverso e mais inclusivo — ressaltou.
A indicação de Levine ao cargo foi confirmada no Senado em março. Mesmo com forte oposição dos republicanos, foi aprovada por 52 votos a 48. A nova secretária chegou a Washington após liderar a resposta do estado da Pensilvânia à pandemia de Covid-19. Ela também atuou como professora de pediatria e psiquiatria na Universidade Estadual da Pensilvânia.
O Globo/montedo.com

Skip to content