Escolha uma Página

Brincadeiras à parte, aqui está a explicação científica:

Marcha em ambiente controlado

A marcha realizada faz parte de um projeto de pesquisa que visa avaliar os efeitos de uma marcha simulada na temperatura interna, potência de membros inferiores e alerta cognitivo de militares. A marcha está sendo realizada na esteira, em ambiente controlado, com controle de hidratação e ingestão calórica, para que se consiga observar de fato as mudanças no corpo relacionadas ao transporte de carga.
Se cada participante fizer em diferentes condições, não será possível saber se a temperatura interna mudou pelo esforço ou por esses outros fatores. Assim, todos devem fazer a marcha simulada nas mesmas condições. Para a medida de temperatura, o militar ingere uma pílula que permite o acompanhamento da temperatura interna do corpo em tempo real por um equipamento ligado a um computador.
Os voluntários, participantes da pesquisa, realizam uma marcha simulada de 12 km, com carga de 30 kg, somando o equipamento e o armamento. Os dados (temperatura corporal, temperatura interna, frequência cardíaca, potência de membros inferiores, alerta cognitivo, etc) são coletados antes, durante e depois da marcha.
São pesquisas acadêmicas, que visam à iniciação científica dos alunos e não ao desenvolvimento de doutrina militar.
Texto e imagem extraídos da página Como Pode? no Facebook

Leia também:
Depois deste invento, tudo é possível!!!

Skip to content