Escolha uma Página

Deputado pela UDN nos anos 1940, Otávio Mangabeira foi designado para representar a Câmara em um exercício de tiro da Marinha, em alto mar. Ele foi, mas com certa má vontade. A bordo do navio de guerra, era visível o seu desinteresse. O comandante armou sua vingança quando viu o pensativo Mangabeira tomar um grande susto ao primeiro disparo de canhão: “Ora, deputado, não vá me dizer que está com medo…”, ironizou. Otávio Mangabeira foi rápido no gatilho, justificando seu temor: “Estou sim, almirante. Afinal, o único lugar seguro por aqui é o alvo.”
Poder sem Pudor

Skip to content