Escolha uma Página

Rio de Janeiro(RJ) – No período de 23 a 28 de junho, a equipe de robótica do Instituto Militar de Engenharia (RoboIME) foi vice-campeã da categoria “Small Size League” (SSL) de futebol de robôs da Robocup, maior competição de robótica do mundo, que ocorreu pela primeira vez de forma remota. A competição contribui para o desenvolvimento dos atributos da área afetiva como cooperação, criatividade, decisão e persistência. Já nos campos da ciência, tecnologia e inovação, desenvolve novos desafios nas áreas de inteligência artificial, eletrônica e mecânica, que podem ser utilizados no desenvolvimento de projetos militares, dentre eles, o sistema de armas e equipamentos inteligentes como mísseis, veículos aéreos não tripulados (VANT) e veículos militares. A campeã foi a University of British Columbia, do Canadá.

Confira abaixo a campanha da RoboIME na competição:
– RoboIME 5 x 0 Tritons RSCS – University of California (EUA);
– RoboIME 5 x 1 RoboTeam Twente – University of Twente (Países Baixos);
– RoboIME 10 x 0 Omid – Shared University (Irã);
– RoboIME 6 x 0 RoboTeam Twente – University of Twente (Países Baixos);
– RoboIME 2 x 0 RoboJackets – Geórgia Tech (EUA) (Semi-final)
– RoboIME 0 x 1 UBC Thunderbots – University of British Columbia (Canadá)

Small Size League
A SSL é o projeto mais antigo da RoboIME, que teve início em 2010. O objetivo da categoria é desenvolver um time de seis robôs autônomos que joguem futebol sem interferência humana, realizando passes, jogadas ensaiadas e chutes em um campo de 6 metros de largura por 9 metros de comprimento.
O foco da competição da SSL está no problema da cooperação e no controle multiagente inteligente, ou seja, é necessário fazer com que os robôs joguem como um time, fazendo passes e jogadas. Vence a equipe que fizer mais gols que o time adversário, semelhante ao futebol convencional. Na competição, a final foi definida na prorrogação, com um gol.
IME(EB)/montedo.com

Skip to content