Escolha uma Página

Ao descartar impeachment, o candidato derrotado ao Palácio do Buriti puxou a orelha do presidente “que só pensa na reeleição”

CAIO BARBIERI
O general Paulo Chagas usou o Twitter, neste sábado (30/1), para dar um puxão de orelha no presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mesmo sem citá-lo nominalmente. Candidato derrotado ao Governo do Distrito Federal com apoio do titular do Palácio do Planalto, o militar da reserva concordou com a frase “ruim com ele, pior sem ele”.
“Concordo com a afirmação, mas não me conformo em continuar com o MENOS RUIM. Quero o MELHOR para o Brasil. Se eu não o encontrar, quero que o MENOS RUIM fique, PELO MENOS, um POUCO MELHOR…”, escreveu.
A indireta fez com que defensores de Bolsonaro passassem a disparar ataques contra o general. “Dor de cotovelo?”, escreveu um seguidor.

Veja a publicação:


Reeleição
O Metrópoles ligou para Paulo Chagas a fim de esclarecer sobre a polêmica publicação. Durante a conversa, o militar da reserva explicou que é contrário ao impeachment.
“Embora o general Hamilton Mourão tenha nítidas condições de fazer mais pelo Brasil, não seria por esse meio [impeachment], que vai parar o Brasil”, descartou.
Contudo, Paulo Chagas indicou insatisfação com o governo do aliado e que o presidente da República precisa melhorar a atuação.
“Ele só está pensando no projeto de reeleição”, disse.
METRÓPOLES/montedo.com

Skip to content