Escolha uma Página

Homem de 21 anos fez disparos durante comemoração de Natal

Darcianne Diogo – Correio Braziliense
Foi preso nesta segunda-feira (4/1), o soldado do Exército que se envolveu em disparos de arma de fogo durante uma festa clandestina em Santa Maria, no Distrito Federal. O episódio ocorreu na manhã de Natal, em 25 de dezembro do ano passado, no Conjunto H da Quadra 204.
Thalyson Silva, de 21 anos, é lotado no Quartel General e foi identificado pelos investigadores dois dias após o evento, em 27 de dezembro. Ele teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. “Tínhamos a informação da autoria e, desde então, estávamos em contato com o Exército. Hoje (4/1), ele se apresentou no quartel e foi conduzido à delegacia para ser ouvido”, detalhou Paulo Fortini, delegado-adjunto da 33ª DP.
Vídeos registraram a ação dos envolvidos. Pelas imagens, é possível ver que a festa contava com uma tenda, para abrigar os participantes em caso de chuva, e que a estrutura fechou o trânsito da rua, no Conjunto H. As músicas ficaram por conta de carros de som, e a maioria dos presentes aparece sem máscara de proteção facial — determinação imposta pelas autoridades locais para evitar a disseminação da COVID-19.

Foragido
Um outro jovem envolvido nos disparos, segundo a polícia, permanece foragido. Na quinta-feira (31/12), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) divulgou a foto de Luca Matheus Ribeiro Lima, que também aparece no vídeo atirando para o alto.
ESTADO DE MINAS/montedo.com

Skip to content