Escolha uma Página

Em plena noite de Natal, militares da Marinha e do Exército realizaram ações no âmbito da Operação Verde Brasil 2, no Pará, realizando apreensões significativas de madeira ilegal.
Eles flagraram e apreenderam embarcações transportando madeira em Santarém enquanto, em outro município, Itaituba, ocuparam uma madeireira.
Militares da Marinha faziam Inspeção Naval na madrugada desta sexta-feira (25), quando abordaram e detiveram comboio com duas balsas na foz do Rio Arapiuns, em Santarém, carregadas de toras de madeira.
As toras de madeiras, extraídas ilegalmente na região, foram apreendidas. Os suspeitos que conduziam o comboio foram detidos e escoltados para a Ponta Maria José, para a avaliação pelos órgãos ambientais.
Em Itaituba, militares do Exército ocuparam uma madeireira com aproximadamente 42 mil metros cúbicos de madeiras apreendidas nesta semana.
A presença da tropa tem por objetivo evitar o escoamento desse material. A missão, ainda sem previsão de término, contou com o apoio logístico da Aviação do Exército no transporte dos militares.
Todas as ações ocorreram sob a coordenação do Comando Conjunto Norte, dentro da Operação Verde Brasil 2, que, além das Forças Armadas, conta com a colaboração de 11 órgãos governamentais.

Militares da Marinha abordam comboio de balsas carregando madeira ilegal, no rio Arapiuns, no Pará (Imagem: Forças Armadas)

DIÁRIO DO PODER/montedo.com

Skip to content