Escolha uma Página

O jornalista Macário Batista lembrou certa vez que o Ceará, por duas vezes, deu combate aos marginais. Uma foi no tempo do coronel Gondim. Tirou todo mundo de circulação. A outra foi no governo de Virgílio Távora. Um dia, foram reclamar ao governador que havia denúncias de uma “limpa” na bandidagem do Ceará, promovida pelo Secretário de Segurança, General Assis Bezerra. Resposta de Virgílio: “Não posso fazer nada. Ele é General e eu sou só coronel.
Poder sem Pudor(DIÁRIO DO PODER)/montedo.com

Skip to content