Escolha uma Página

Militares buscam especialização em comunicação

GUILHERME AMADO
A expansão da rede de rádios do Exército segue acelerada no governo do capitão.
Nos últimos dias, uma comitiva da Força de Brasília foi a Resende (RJ) bater o martelo para a instalação da Verde Oliva na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman).
Santa Maria (RS), Três Corações (MG) também estão confirmadas.
A rádio já opera em Manaus desde o fim do ano passado.
As cidades são escolhidas por uma razão particular: abrigam escolas de formação de militares.
A ideia é que, em breve, esses militares possam sair desses centros com especialização não apenas em saúde ou engenharia, mas em comunicação.
O Exército quer mais: Porto Alegre, Salvador e Rio de Janeiro são os próximos alvos.
Procurado, o Exército afirmou que a Verde Oliva tem o objetivo de “manter a sociedade brasileira informada dos assuntos referentes à sua Força Terrestre, além de proporcionar entretenimento e informação pública em geral”.
(Por Eduardo Barretto)
ÉPOCA/montedo.com

Skip to content