Escolha uma Página

As investigações chegaram até um contrato com as Forças Armadas para mudanças nas transferências de militares de Tabatinga para Manaus e outros estados. Cerca de uma tonelada de maconha foi apreendida na operação

Equipes de investigação do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) da Polícia Civil do Amazonas apreenderam cerca de uma tonelada de maconha na noite desta terça-feira (25), na Avenida Torquato Tapajós, em Manaus. A droga, avaliada em R$ 15 milhões, foi a maior quantidade apreendida, via terrestre, da história do estado.
Foram presos na operação Andreia da Silva Ferreira, Lizete Pereira da Silva e Egenildo da Silva Teixeira, que estava sendo investigado por ser o responsável pelos 143 quilos de cocaína apreendidos dentro de um caminhão, no dia 7 de agosto, no Mauazinho, Zona Sul da capital amazonense.
Transporte do contrabando- Os traficantes possuem uma empresa especializada em transportes e mudanças, com sede em Manaus e uma filial no município de Tabatinga (distante 1.108 quilômetros em linha reta da capital).
As investigações levantaram que eles têm um contrato com as Forças Armadas, onde faziam a transferência de militares de Tabatinga para Manaus ou para outro estado. Dessa forma eles se aproveitavam da situação para armazenar drogas dentro dos móveis, entre cocaína e maconha do tipo skunk.
O esquema criminoso já ocorria há cerca de 10 anos. Na apreensão desta terça, o caminhão de mudanças estava transportando a droga entre os móveis do frete.
A maconha escondida dentro dos móveis só foi descoberta com a ajuda do cão farejador Odin da Receita Federal (RF), foi acionada pelo DRCO.
VC/montedo.com

Skip to content