Escolha uma Página

O suspeito foi preso nesta sexta-feira (17) na casa do próprio pai, no município de Demerval Lobão.

Laura Moura, G1 PI
Um cabo do Exército foi preso nesta sexta-feira (17) suspeito de se passar por policial e matar a tiros um homem de 54 anos, no dia 29 de junho deste ano, no município de Pau D’Arco do Piauí, a 75 km de Teresina. O suspeito foi encontrado na casa do próprio pai, em Demerval Lobão.
O crime aconteceu em um bar na zona rural de Pau D’Arco do Piauí. O delegado Tomaz de Aquino, do 14° Distrito Policial, explicou que o cabo do 2° Batalhão de Engenharia de Construção (BEC) chegou no estabelecimento com sintomas de embriaguez e afirmando que era policial. A partir disso, ele começou a revistar as pessoas.
“Ele pediu bebida ao dono do bar, mas o homem disse que não estava vendendo bebidas por conta do decreto estadual. Ele insistiu, o dono do bar ficou temeroso e decidiu dar uma dose de conhaque. Depois, ele efetuou três disparos de arma de fogo contra um senhor que estava na calçada. A vítima chegou a dizer ‘porque você atirou em mim?’”, afirmou o delegado.
Francisco da Silva Lima, de 54 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. Após o crime, o cabo do Exército foi para a casa do pai. A justiça expediu o mandado de prisão preventiva e a polícia realizou o cumprimento.
O suspeito foi entregue ao Quartel do Exército, onde ficará preso. Ele foi indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil. A arma de fogo utilizada no crime foi apreendida.
G1/montedo.com

Skip to content