Escolha uma Página

Em meio ao fanatismo extremado que habita a área de comentários do blog, recebi este texto de um leitor anônimo.  Boa dica de leitura para aclarar mentes conturbadas.

Como não tenho político de estimação e ainda tenho dois neurônios em funcionamento faço algumas considerações/críticas/observações/sugestões:
1) todos nós que votamos no atual Presidente da República esperávamos muito mais de JAIR MESSIAS BOLSONARO;
2) todos sabíamos que seria um duelo de titãs (Bolsonaro X sistema corrupto e nefasto);
3) a pandemia aumentou muito os desafios do Presidente;
4) no primeiro ano de governo não havia praticamente oposição organizada no congresso. São os 100 primeiros dias da lua de mel pós eleição mais o fato da esquerda estar acuada/comedida. Deveria ter sido um período de importantes mudanças estruturais e legislativas;
5) atualmente o presidente está muito mais preocupado com a sobrevivência no governo e a proteção dos seus filhos do qualquer outra coisa;
6) o Presidente não possui qualquer habilidade para conversar/ dialogar/negociar;
7) além dos milhões de problemas gravíssimos que afligem esse país, praticamente todos os dias o Presidente cria um novo conflito gratuito. Esse temperamento belicoso, mal educado, grosseiro, TOTALMENTE IMPRÓPRIO a um Chefe de Estado e Governo o esta deslegitimando. Cada dia mais ele perde autoridade, prestígio e confiança;
8) os militares sairão (novamente) muito desprestigiados dessa situação. Inegavelmente a instituição sairá muito maculada pois a independência em relação aos partidos que ocupem o governo no rodízio democrático, está muito comprometida pelo envolvimento dos militares nesse governo. Isso poderá custar muito caro a toda a sociedade e sobretudo aos militares;
9) ouvimos a todo momento comentários e críticas sobre o “governo dos militares”. Muitos cidadãos veem esse governo como militar;
10) no período do governo petista ouve um inegável aparelhamento do estado e agora está ocorrendo o mesmo. O critério muitas vezes é ser um fiel e CEGO escudeiro que segue ordens sem qualquer questionamento. O tão propalado critério de competência, capacidade/habilidade para o trabalho/atividade/missão somado a exigência de ilibado caráter parece que ficou no discurso retórico. Um exemplo: qual a contribuição do Ministério da Educação na atual gestão (deveria ser um dos mais importantes)?
11) todos sabemos que a educação/cultura e artes neste país possui um viés marxista, mas eu pergunto o que foi feito para mudar essa situação?
12) o Presidente foi eleito para liderar o povo por um período de 4 anos. Um Presidente estadista é um dos principais elementos de estabilidade de um país. Aqui o Presidente cria instabilidades gratuitas e pouco inteligentes praticamente todos os dias;
13) a todo momento ouvimos o Presidente reclamar da “herança maldita, do fato de não o deixarem governar” ou outras colocações para se eximir de responsabilidades sobre os fatos. Esta passando da hora do senhor assumir o Comando da Nação de forma plena;
14) conhecíamos o seu temperamento e forma de agir (nesse sentido nenhum dos seus eleitores foi enganado). Sabíamos que para promover as mudanças necessária o Presidente da República deveria ter um “certo grau de loucura”. Esse “certo grau de loucura” para o bem descambou somente para uma forma desequilibrada/desconexa da realidade no agir;
15) Presidente, eu e milhões de cidadãos que queremos o melhor para esse país ainda o estamos apoiando. Resgate nossa confiança com ações honestas, legítimas, republicanas, eficientes e eficazes para tirar esse país do estado em que se encontra;
16) mostre a todos que o senhor é o Presidente da República Federativa do Brasil devendo governar para todos e não para uma facção de apoiadores (que muitas vezes são cegos e sem qualquer discernimento ou sendo critico);
17) estamos passando por um período de revoluções em todos os sentidos e precisamos que um estadista, inteligente, honesto e capaz nos liderar;
18) este ano poderá significar um divisor de águas nos destinos do Brasil e de certa forma para a humanidade. Entre para a história de forma positiva e heroica;
19) se nós brasileiros do bem (que devemos assumir as responsabilidades sobre o nosso destino fazendo a “nossa história” e contribuindo para a “história da nação”) e o Senhor que foi eleito para nos liderar não formos exitosos nesse processo visualizo um futuro negro para o nosso país;
20) Que DEUS nos dê sabedoria para sabermos agir.
21) Presidente, JAIR MESSIAS BOLSONARO, ajude-nos a lhe ajudar!
Por fim, por favor, não me acusem de melancia sem pelo menos usar dois neurônios! Pensem e me deixem pensar! Isso é democracia!

Skip to content