Escolha uma Página

FAB: 2º Sgt Especialista em Material Bélico conquista primeira colocação no Curso de “Explosive Ordnance Disposal” nos EUA

Guilherme Wiltgen
O 2º Sgt Thiago Mendes Nery especialista em Material Bélico (BMB), recebeu o diploma de honra como primeiro colocado no Curso denominado “Explosive Ordnance Disposal” (EOD). O curso aconteceu no estado da Flórida (EUA), durante o período de 11 de julho de 2019 a 28 de janeiro de 2020, na Naval School Explosive Ordnance Disposal, situada na Base da Força Aérea de Eglin.
Formado na Escola de Especialistas da Aeronáutica (EEAR) em 2006, o 2S Nery é graduado em Física pela Universidade de Taubaté (2018) e também possui diversos cursos operacionais no âmbito Força Aérea Brasileira (FAB), tais como Curso de Inspetor de Material Bélico (CIMBE), Curso de Manipulação de Material de Demolição (CMMAD), Curso de Neutralização e Destruição de Artefatos Explosivos (CNDAEX) dentre outros.
Sabendo da importância e necessidade de militares capacitados, o militar do IAE se sentiu motivado a realizar o curso, por se tratar do Curso de maior reconhecimento dentro e fora do Brasil no tocante a artefatos explosivos. “Empenhei-me para alcançar esse respeitado e restrito quadro dentro da FAB a fim de alcançar conhecimentos e experiências ímpares dentro e fora da vida militar”, afirmou o 2S Nery.
Esta qualificação não foi fácil, exigiu muita dedicação do militar em diversas fases até a referida conquista.
Inicialmente foi necessário realizar uma prova de proficiência da língua inglesa na embaixada americana, ainda no Brasil, para assim, dar continuidade no processo. Então foi declarado apto para iniciar o curso American Language Couse – Specialized English Training (ALC-SLC), que tem por objetivo confirmar o nível de inglês do candidato durante 9 semanas. Com o grau obtido neste Curso inicial, concluiu-se que estaria apto a executar no Curso EOD. Assim iniciou o Curso EOD, na Naval School EOD situada na Eglin Air Force Base.
Durante 29 semanas, as disciplinas foram divididas em 3 módulos e 7 divisões. Apesar de ser um curso da Marinha Americana (NAVY), os alunos são das Forças Armadas de diversos países aliados, neste caso tratavam de 21 alunos de 15 nacionalidades diferentes, dentre estes, apenas 13 alunos conseguiram concluir o curso.
O corpo de instrutores é composto por militares das Forças Armadas Americanas e, todos, com experiência real na função EOD fora dos Estados Unidos da América (EUA).
O Curso EOD é um curso de extrema importância para todo o Sistema de Material Aeronáutico e Bélico (SISMAB) da Força Aérea Brasileira (FAB), pois, o militar EOD tem habilitação para responder sinistros com quaisquer tipos de artefatos explosivos encontrados dentro e fora de regiões de combate, incluindo dispositivos improvisados, químicos e biológicos e, ainda, contribuir para a atualização e manutenção de toda a doutrina de manuseio e trato com explosivos dentro do SISMAB.
O 2S Nery destaca que “foi realmente uma honra ter sido escolhido para esta missão e ter trazido para o Brasil, e para a FAB, o diploma de honra dado ao primeiro colocado do Curso”, e conclui ainda, “espero, primeiramente, poder atender os sinistros advindos da Força Aérea Brasileira envolvendo explosivos e, também, contribuir para a atualização dos procedimentos adotados pelo SISMAB referentes a artefatos explosivos, assim como, poder agregar o quadro de instrutores dos cursos operacionais de explosivos da FAB (CMMAD e CNDAEX).
Defesa Aérea & Naval/montedo.com

Skip to content