Escolha uma Página

Chatbot, batizado de soldado virtual Max, trocou mais de 24 mil mensagens em abril

A Inteligência Artificial do Exército Brasileiro, batizada de soldado Max, alcançou o recorde de mais de 24 mil mensagens trocadas em um período de 30 dias. No mês de abril, o chatbot, que está em ação desde março do ano passado, foi bastante procurado para informar quais ações o exército está tomando para auxiliar no combate ao novo coronavírus.
O chatbot é um programa de computador que tenta simular um ser humano em respostas automáticas. O soldado Max responde a perguntas na página do Exército no Facebook/Messenger e noTelegram, na maioria das vezes, em um tempo inferior a 10 segundos.
Com o aumento da procura por informações nos últimos meses, os atendimentos feitos pelo soldado Max podem ser dividido em três públicos distintos:
O primeiro é a parcela da sociedade interessada em saber o que o Exército está fazendo para diminuir o impacto da covid-19.
O segundo público é o civil, do sexo masculino, entre 17 e 21 anos, e que está preocupado com prazos relacionados ao Serviço Militar, obtenção de documentação, apresentação e juramento à Bandeira.
O terceiro público é composto de militares inativos e pensionistas que possuem dúvidas relacionadas ao processo de recadastramento ou de prova de vida.
Segundo o Exército, a precisão das respostas do soldado Max é de 75% e deverá se aproximar de 80% com o novo design de conversação, que será lançado em breve.
Com informações do Centro de Comunicação Social do Exército (CCOMSEx)
CORREIO BRAZILIENSECORREIO BRAZILIENSE/montedo.com

Skip to content