Escolha uma Página

Claudio Dantas
O ministro da Defesa, Fernando de Azevedo e Silva, dispensou todos os assessores na videoconferência com os chefes das Forças Armadas.
A mesma conduta foi adotada pelos comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, que foram orientados a manter sigilo total sobre a reunião.
Como publicamos, Azevedo e Silva apenas divulgou uma nota à imprensa ao final do encontro.
O Antagonista-montedo.com

Skip to content