Escolha uma Página

A ala militar do governo foi decisiva para evitar a demissão do ministro da Saúde Henrique Mandetta, na tarde de hoje (6). Bolsonaro havia decidido demitir o ministro, mas foi convencido por Walter Braga Netto (Casa Civil) e Luiz Eduardo Ramos (Governo), de que a melhor decisão neste momento seria mantê-lo.
Mandetta permanece no cargo, por enquanto.

Skip to content