Escolha uma Página

Grupo de passageiras viu a situação e ajudou a gritar a polícia pela janela. Marinha instaurou processo administrativo para apurar conduta do militar.

Elza Gimenez e Eduardo Tchao, RJ1
Um sargento da Marinha foi preso em flagrante, na manhã desta quarta-feira (19), por suspeita de assédio dentro de um ônibus da linha 409, na Rodovia Niterói-Manilha, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.
O ônibus saiu do bairro de Trindade e seguia em direção ao Terminal Rodoviário no Centro de Niterói. Por volta das 7h, a servidora pública Priscila Trindade Rodrigues embarcou.
O homem, identificado como JCVF, tem 34 anos, viajava sentado e ofereceu o lugar dele para a jovem sentar. Em seguida, começou a assediar a mulher.
Assim que percebeu a situação, Priscila começou a gritar e recebeu ajuda de outras mulheres que viajavam no ônibus. Apesar da confusão, ela disse que o motorista não parou o veículo.
Priscila então lembrou de uma patrulha da Polícia Militar que fica parada perto do acesso à Ilha das Flores. Ela fez sinal para os policiais de dentro do ônibus e os PMs obrigaram o motorista a parar.
O sargento da Marinha acabou preso em flagrante e, se for condenado, pode pegar de 1 a 5 anos de prisão. A calça dele estava molhada.
O caso foi registrado na Delegacia de Atendimento à Mulher de São Gonçalo.
G1/montedo.com(editado)

Skip to content