Escolha uma Página

Brasileiros repatriados decolam de Wuhan rumo ao Brasil

Redação/RedeTV! com Agência Brasil
Os 34 brasileiros que moravam em Wuan e desejavam voltar ao Brasil por conta do surto de Coronavírus, na China, embarcaram em uma das duas aeronaves enviadas para o pais pela Força Aérea Brasileira (FAB) nesta sexta-feira (7).
Segundo a FAB, por volta das 17h12, os aviões iniciaram o taxi aéreo para deixar o país asiático e voltar ao Brasil. Além dos 34 brasileiros ou parentes de brasileiros que vão ficar em Goiás. Quatro poloneses, uma chinesa e uma indiana vão desembarcar em uma escala que o voo deve fazer na Polônia.
De acordo com o Ministério da Defesa, aprevisão é que a aeronave chegue por volta da meia-noite de amanhã (8) na Base Aérea de Anápolis (GO), onde as pessoas passarão por uma quarentena de 18 dias. A cidade chinesa é o epicentro do surto de coronavírus.
Mais cedo, o brigadeiro Marcelo Damasceno, responsável pela Operação Regresso, deu detalhes da operação após uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro, no Ministério da Defesa, em Brasília.
“Ao levar informação clara para o Brasil e, em especial, para o pessoal de Anápolis, que não existe qualquer risco para terceiros aqui no Brasil. É uma operação muito bem preparada e planejada”, disse Bolsonaro.
O jovem preso suspeito de ter participado do assassinato de uma família encontrada carbonizada em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, confessou envolvimento com o crime e acusou a filha do casal morto e a namorada de terem autorizado as mortes. J

Detalhes da operação
Os ministros da Defesa, Fernando Azevedo, e da Saúde, Henrique Mandetta, também participaram do briefing antes de seguir para Anápolis, onde visitarão as instalações que receberão os brasileiros e suas famílias.
Os dois aviões partiram de Ürumqi, última escala na China, pouco depois das 10h (horário de Brasília), com previsão de chegada em Wuhan às 13h30 (de Brasília). Às 17h30, partem da cidade chinesa. Antes de embarcar, as pessoas serão submetidas a exames médicos prévios. Quem apresentar sintomas compatíveis com o coronavírus não poderá viajar.

Veja como foi o embarque:

Força Aérea Brasileira 🇧🇷

@portalfab

Operação Regresso à Pátria Amada Brasil

Militar da equipe médica do Instituto de Medicina Aeroespacial (IMAE) afere a temperatura de um dos brasileiros a bordo do VC-2 da FAB em Wuhan, na China.

View image on Twitter

Força Aérea Brasileira 🇧🇷

@portalfab

Operação Regresso à Pátria Amada Brasil

Neste momento, uma das aeronaves da FAB se prepara para iniciar o táxi e decolar de Wuhan, na China, já com os brasileiros a bordo.

Embedded video

96 people are talking about this
Skip to content