Escolha uma Página

O governo brasileiro deve ficar calado sobre o ataque iraniano às bases militares dos Estados Unidos, segundo Cristiana Lôbo, que acrescenta:
“A informação é de assessores do presidente Jair Bolsonaro, sempre com a ressalva de que a política externa está sob o comando do chanceler Ernesto Araújo. Essa postura mais comedida é a opinião do núcleo militar do governo.”
O Antagonista/montedo.com

Skip to content