Porto Alegre (RS) – Um sargento do Exército de 28 anos que não teve o nome divulgado foi detido pela Brigada Militar e encaminhado à Delegacia de Homicídios de Trânsito da capital gaúcha, após fugir de uma abordagem de agentes de trânsito e ser perseguido por uma patrulha policial. O veículo Veloster conduzido pelo militar estaria com a documentação vencida, o que teria feito com que o mesmo fugisse, após uma discussão com os agentes de trânsito. Ele teria inclusive ameaçado os agentes da EPTC, colocando a mão na cintura como se fosse sacar a arma que carregava.
Na perseguição, que durou mais de uma hora, o veículo do militar foi atingido com dois disparos.Não houve feridos.
A arma do motorista foi apreendida. Ela era particular e estava com o registro de porte vencido.
Não foi constatada embriaguez do motorista, que será processado por direção perigosa, desacato e desobediência.
A Polícia do Exército foi acionada e o sargento foi liberado após assinar termo circunstanciado.

Skip to content