Escolha uma Página
Já há algum tempo os intervencionistas servem-se das mídias oficiais do Exército para pedir a ação das Forças Armadas contra ‘tudo que está aí’. Com as recentes decisões do STF, em especial a do Ministro Gilmar Mendes, que proibiu a condução coercitiva de investigados, houve um recrudescimento desses apelos. Na página do Exército no Instagram, por exemplo, à cada postagem segue-se uma enxurrada de comentários clamando pelo golpe.
Skip to content