Escolha uma Página
Policiais e agentes penitenciários dos dois estados fazem a escolta dos detentos (MJ)
Com objetivo de auxiliar as ações de segurança pública no Rio de Janeiro e os sistemas penitenciários estaduais, o Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Depen/MJ) articulou a transferência de 160 presos do estado fluminense e de São Paulo. A maioria deles pertence a facções criminosas Comando Vermelho (CV) e Primeiro Comando da Capital (PCC).
Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) foi utilizado no transporte dos presos. A operação durou dois dias e foi concluída na sexta-feira (1º). Policiais e agentes penitenciários dos dois estados fizeram a escolta dos detentos. (com informações do MJ)
O resultado esperado é mais agilidade nos processos judiciais ao devolver para os estados de origem os presos que aguardavam julgamento em unidades prisionais distantes de onde cometeram os crimes.
Skip to content