Escolha uma Página
Forças armadas patrulham comunidade da Rocinha para conter guerra entre traficantes, no Rio – 23/09/2017
A Polícia do Exército apreendeu nesta segunda-feira armamentos em uma área de mata no entorno da favela da Rocinha. O material estava no Parque Nacional da Tijuca. Foram encontradas duas pistolas, seis granadas, dezessete carregadores de fuzis, quatro carregadores de pistola e uma grande quantidade de munição, de vários calibres.
Os militares realizavam uma operação em busca do traficante Rogério 157 e seu bando, quando encontraram o armamento. O material provavelmente foi deixado para trás quando os criminosos fugiram às pressas com a chegada das forças de segurança, que fazem um cerco à favela desde a semana passada. O material foi levado à 11ª Delegacia de Polícia, que concentra as investigações sobre a Rocinha.
Apreensões
Até o momento, de acordo com a Polícia Civil, foram apreendidos 23 fuzis, oito granadas, 2.552 munições, duas pistolas e 101 carregadores em operações conjuntas realizadas pelas Forças Armadas e as polícias Civil e Militar na favela da Rocinha e em outras regiões em ações relacionadas à ocupação da comunidade.
Dezesseis pessoas foram presas, dois adolescentes apreendidos e dois criminosos morreram em confronto com os policiais nos últimos dias. A 11ª DP já identificou 59 criminosos que participaram dos confrontos na comunidade desde o dia 17 de setembro. Já foram obtidos 29 mandados de prisão e a operação integrada possibilitou o cumprimento de sete deles.
(Com Agência Brasil)
Veja/montedo.com
Skip to content