Escolha uma Página
O jovem lutava judô desde os 8 anos
Foto: Facebook / Reprodução
Jovem da Marinha é baleado na perna e morre em assalto na Zona Norte do Rio
Um marinheiro de 20 anos foi baleado e morto, na madrugada do último domingo, durante um assalto em Rocha Miranda, na Zona Norte do Rio. Thawã Simões de Carvalho havia acabado de sair de uma festa com a namorada e amigos. Eles passavam pela Rua Jabotiana quando dois homens numa moto anunciaram um assalto. O rapaz teria feito um gesto brusco, e um dos bandidos atirou. A bala atingiu uma das pernas de Thawã, perfurou a veia femoral, e o rapaz morreu logo depois.
Além da carreira na Marinha, onde ele estava havia dois anos, Thawã tinha no judô uma de suas paixões. Ele praticava o esporte desde os 8 anos. Wellington de Lima, um dos professores do jovem, contou que não acredita que ele tenha reagido à abordagem dos bandidos.
— Ele era um rapaz muito calmo, muito tranquilo. Jamais reagiria a um assalto — contou.
O jovem lutava judô desde os 8 anos O jovem lutava judô desde os 8 anos Foto: Facebook / Reprodução
Segundo ele, Thawã era filho único:
— Um tiro acabou com a família toda. Estão todos muito abalados.
O jovem queria fazer concurso para sargento da Marinha e também sonhava fazer faculdade de Educação Física. O rapaz será enterrado às 16h desta terça-feira, no Cemitério de Irajá, na Zona Norte. O crime é investigado pela Divisão de Homicídios (DH).
EXTRA/montedo.com
Skip to content