Escolha uma Página
Corpo de militar que pulou de wingsuit é achado em mata de difícil acesso
Ana Carolina Torres
Rio de Janeiro (RJ) – O corpo do capitão de fragata da Marinha Fernando Brito, de 42 anos, que havia saltado de wingsuit da Pedra da Gávea, no domingo, foi encontrado na tarde desta segunda-feira (6), de acordo com informações do Corpo de Bombeiros. O militar foi achado em uma mata de difícil acesso.

No Instagram, Fernando postou sua última foto antes de desaparecer. A foto foi feita no sábado, na mesma Pedra da Gávea de onde pulou de wingsuit. No texto, o capitão de corveta diz que não saltaria naquele dia: “Acho que hoje não vai ter pulo… Mesmo assim valeu a trilha com o meu amigo”.

Justamente em razão da difícil acessibilidade à área onde Fernando foi encontrado, os bombeiros ainda analisam qual será a melhor forma de remoção do corpo.

O Wingsuit é uma modalidade de esporte radical em que o atleta veste uma roupa com asas, usadas para planar. Quase ao fim da queda, um pequeno paraquedas é acionado para o pouso.
EXTRA/montedo.com
Skip to content